fbpx
Gestão

Não perca 7 passos de como administrar uma clínica odontológica

omo administrar uma clínica odontológica

A odontologia é um dos ramos que mais tem crescido no Brasil, sendo resultado de um sucessivo interesse da população pela saúde bucal, o que gerou a abertura de muitas clínicas nos últimos anos. Ao se tornar proprietário de uma clínica odontológica, no entanto, você deve estar atento às responsabilidades que acompanham essa tomada de decisão e saber informações básicas de como administrar uma clínica odontológica.

Desenvolvemos, então, este pequeno artigo com a intenção de nortear você quanto às 7 principais dicas a serem seguidas para instalar uma boa administração na clínica odontológica. Continue lendo e saiba mais sobre este pertinente assunto!

Os desafios de como administrar uma clínica odontológica

Para abrir uma clínica odontológica, você deve, antes de tudo, apresentar bons conhecimentos técnicos sobre procedimentos odontológicos e contar com bons profissionais para que os processos sejam efetuados de forma satisfatória.

Entretanto, esta é apenas a primeira exigência. Tão importante quanto isso é contar com uma boa gestão do negócio, que deve ser implementada analisando diversos fatores.

Muitas vezes, bons odontólogos sucumbem diante de uma má administração de suas clinicas. Para que o mesmo não aconteça com você, é necessário abrir a mente e aprender um pouco sobre gestão e administração de negócios. Lembre-se: ao abrir uma clínica, você deixa de ser apenas um odontólogo e também se torna um empreendedor.

As dicas para uma administração bem-sucedida em clínicas odontológicas

Agora que você já sabe a importância do conhecimento de questões envolvendo a gestão e administração de um negócio, vamos elencar para você os 7 pontos nos quais você deve ficar atento para otimizar a gestão da sua clínica odontológica. Continue lendo para conferir!

1. Tenha um bom controle financeiro

O controle financeiro serve para que a empresa apresente um desempenho competitivo no mercado, além de, claro, equilibrar o caixa. Com a adoção desta medida, você supera muitas dificuldades de gestão que podem, inclusive, inviabilizar o negócio.

Para ter um boa gestão financeira, você precisa adotar medidas como negociar prazos com fornecedores, evitar empréstimos e financiamentos, separar a pessoa física da pessoa jurídica para melhor organização, manter um estoque correto de materiais, ter clareza sobre a situação da empresa — adotando indicadores, quando preciso.

Além disso, recomenda-se que sejam feitas projeções sobre possíveis cenários, avaliando a possibilidade de investimento e expansão, controle de caixa, prática de preço condizente com o mercado e, por fim, planejar. O planejamento é o ponto mais importante que deve ser levado em consideração em todas as dicas deste tópico.

2. Otimize a agenda

Uma agenda bem organizada é responsável tanto por auxiliar em um bom planejamento financeiro quanto em garantir um atendimento de qualidade ao paciente. Muitos dos atrasos que ocorrem em uma empresa, seja nos pagamentos ou nos atendimentos, acontecem por conta de falhas nas agendas dos profissionais e da clínica. Eliminando esta falha, sua empresa ganha muitos pontos para garantir uma boa gestão.

3. Priorize o atendimento

Sam Watson, fundado da Wal-Mart, maior rede de varejo do mundo, tem uma importante dica a todos que precisam lidar diretamente com atendimento. Em uma palestra, Watson afirmou a importância do bom atendimento como medida de fidelização do cliente.

Para tal, usou a si mesmo como exemplo. Destacou que, ao chegar a um lugar, ele não pede por nada, não reclama, nem suplica por atendimento ou pela melhora da qualidade. Apenas é atendido e permanece quieto. Quando vai embora, se julgar que o atendimento não correspondeu às expectativas, ele nunca mais retorna ao lugar. Watson destacou que boa parte das pessoas fazem o mesmo, o que torna de fundamental importância um bom atendimento para garantir que o cliente volte.

Dessa forma, a clínica precisa priorizar o atendimento ao paciente, fazendo com que ele se sinta bem e retorne em ocasiões futuras. Entre as alternativas para melhorar este quesito, indicamos o atendimento humanizado e atenção quanto a recepção.

4. Crie uma cultura empresarial

Para garantir sucesso na gestão da clínica de odontologia, é necessário criar uma cultura empresarial consistente. Para isso, é necessário tempo e educação, criando regras básicas de hierarquia, responsabilidades de cada setor e liderança do gestor para que tudo ocorra dentro da normalidade.

5. Deixe os processos otimizados

Os procedimentos devem ser, sempre que possível, otimizados, melhorando assim a sua relação custo-benefício, aumentando a qualidade dos processos e levando a clínica a um grau de excelência — seja na administração ou em sua atividade-fim.

6. Monitore os concorrentes

Para estar alinhado ao mercado, é importante que você investigue quais práticas a concorrência tem adotado na sua cidade e região. Essa análise te ajudará a saber qual o nível de qualidade exigido para a sua região e se a sua clínica está realizando um bom trabalho.

Entre os itens que você deve levar em consideração, destacamos os preços praticados pelos concorrentes, os serviços oferecidos e os diferencias no quesito de equipamentos.

7. Atente-se ao funcionamento dos equipamentos

É difícil imaginar uma clínica odontológica funcionando sem os maquinários modernos existentes na atualidade. Dessa forma, eles devem ser levados como prioridade durante a implantação e manutenção da clínica odontológica, exigindo sempre o seu pleno funcionamento para realização de procedimentos seguros e de qualidade.

Além dos maquinários, é importante que você não seja omisso quanto aos pequenos instrumentos, que devem estar sempre em bom estado e esterilizados.

A importância da tecnologia para melhorar a gestão da clínica odontológica

Nosso mundo está cada vez mais tecnológico. E a tecnologia não deve ser vista como uma inimiga, mas como uma aliada para resolução de conflitos nas mais diversas áreas humanas. Entre elas, podemos citar a gestão eletrônica de negócios em uma clínica de odontologia.

Dessa forma, é interessante que você aplique, dentro de sua empresa, vários softwares que ajudam a gerir o seu negócio de forma automatizada e eficiente. Entre os softwares, podemos citar desde o clássico Excel até ferramentas mais contemporâneas, como o Trello.

A necessidade de contratação de uma empresa especializada no assunto

Como falamos, a gestão de empresa é tão importante quanto a aplicação técnica das atividades do odontólogo. Como é impossível saber tudo sobre administração de uma hora para outra, recomendamos que você conte com a consultoria de empresas especializadas no ramo.

Indicamos a Nortesys, empresa com quase 20 anos de mercado e com atuação em 16 estados brasileiros. A empresa apresenta grande destaque na área de automação comercial, o que é fundamental para uma gestão eficiente nos dias atuais.

Sendo assim, saber como administrar uma clínica odontológica é tão importante quanto ser bom na área da odontologia em si. Recomendamos que você busque sempre por conteúdos para nortear a gestão, além do contato com empresas que lidam com a gestão e automatização de processos.

Agora que você já sabe como funciona a administração de uma clínica odontológica, não deixe de visitar o site da Nortesys! Temos experiência e um corpo profissional capacitado para nortear você para a tomada de decisões. Até a próxima!

Deixe seu comentário