fbpx
Marketing

Marketing médico: como redes sociais atraem e fidelizam pacientes?

Um consultório ou clínica médica também é um negócio e precisa investir em ações para atrair mais pacientes ao estabelecimento. O problema é que nem sempre os gestores de espaços de saúde sabem utilizar canais, como as redes sociais, para praticar o marketing médico.

Foi pensando nisso que desenvolvemos este artigo, que apresentará uma série de dicas para que os médicos possam praticar o marketing do seu estabelecimento nas redes sociais. Continue a leitura e veja as nossas orientações!

Conheça o público que deseja atingir

Ao praticar o marketing médico nas redes sociais, você precisa conhecer bem o público que deseja atingir. Afinal, não são todos os consultórios e clínicas que atendem ao mesmo perfil de pessoas.

Clínicas populares e que cobram baixos preços pelo atendimento não têm o mesmo público que o consultório de um cirurgião plástico que atende a alta sociedade, por exemplo.

É preciso fazer essa diferenciação para que as mensagens e posts produzidos para as mídias digitais impactem o público da forma esperada.

Procure referências de clínicas que ofereçam serviços similares

É interessante que você dê uma olhada nos perfis de outras clínicas que são parecidas com a sua. Isso não quer dizer que devem ser copiados conteúdos ou estratégias, mas vale a pena verificar como eles se relacionam com os seus públicos.

A ideia é que sejam observadas as estratégias para fazer uma espécie de mapeamento. Essa análise mostrará o que você julga ser feito de forma correta e o que não é tão bom na concorrência. Assim, conseguirá buscar formas de se diferenciar, tendo uma comunicação única.

Defina os objetivos da comunicação

É necessário definir os objetivos da sua comunicação ao praticar o marketing médico. Você deseja apenas atrair mais pacientes para o seu consultório? Ou pensa, também, em trabalhar a sua imagem pessoal e o seu branding para que seja visto pela comunidade local como um dos melhores da sua especialidade?

Esses objetivos precisam ser levantados para que você saiba como proceder ao elaborar os seus conteúdos, que devem ser direcionados para o cumprimento do que você necessita para a sua estratégia.

Na prática, funciona como quando você faz o diagnóstico de um paciente. É preciso analisar a situação das pessoas, observar exames e propor um tratamento para que tenham os seus problemas de saúde resolvidos. É necessário, portanto, fazer um diagnóstico da comunicação.

Faça um planejamento de conteúdo

Para praticar o marketing médico com maestria, não basta criar contas nas redes sociais e deixá-las abandonadas! É preciso fazer um planejamento de conteúdo — uma espécie de calendário editorial — que traga os melhores assuntos a serem abordados e os horários em que deverão ser publicados.

Uma boa prática é sempre fazer posts alusivos a datas especiais e que geram comoção nas pessoas, como o Natal, a Páscoa, o Dia das Mães etc. Como estabelecimento de saúde, você também precisa se engajar em campanhas que visem a conscientização da prevenção de doenças, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul.

Produza conteúdo educativo

Também é importante que você produza conteúdo educativo em suas redes sociais, uma vez que esse é um assunto que gera bastante interesse por parte dos seguidores das páginas de estabelecimentos de saúde.

Dê dicas para a prevenção de doenças, fale sobre como identificar problemas de saúde e o que é necessário fazer em cada situação etc. A ideia é que as pessoas ganhem confiança, vejam que você e os demais profissionais da clínica são bons médicos e, por isso, podem ajudá-las quando tiverem qualquer problema de saúde.

Os conteúdos podem ser feitos em forma textual, de infográficos, de vídeos etc. O ideal é sempre variar para que os seguidores encontrem novidades em sua página.

Faça análise de desempenho das redes sociais

As redes sociais, como o Facebook, geram relatórios de perfil de público que podem ser muito úteis para a definição de novos passos em uma estratégia de marketing. Você poderá ver, por exemplo, qual é a média de idade das pessoas que acessam a sua página, se há predominância do público masculino ou do público feminino etc.

Também existem ferramentas que podem ser contratadas e que mostram os posts que tiveram um melhor desempenho, bem como os horários em que foram mais acessados. Com esses dados e relatórios, você poderá fazer um planejamento mais completo.

Interaja com os interessados nos conteúdos

Se algum seguidor deixar um comentário em um conteúdo que você postou, enviar uma mensagem ou deixar uma avaliação da sua clínica/consultório nas redes sociais, responda. Esse retorno deve ser feito sempre que possível.

Mesmo que o seguidor tenha feito uma crítica, deixe uma mensagem pedindo desculpas pelo inconveniente e tentando entender o que realmente aconteceu. Também coloque-se à disposição para corrigir qualquer situação e diga que está sempre aberto ao diálogo.

Ter essa postura nas redes sociais evita que outras pessoas vejam os comentários negativos e sejam impactadas por eles, deixando de ir à sua clínica por conta disso, por exemplo.

Analise o código de ética profissional

O Conselho Federal de Medicina (CFM) tem algumas limitações para o marketing médico. Não é permitido, por exemplo, postar fotos mostrando o antes e o depois de tratamentos, bem como selfies com os pacientes.

De maneira geral, a imagem do paciente deve ser sempre preservada, mesmo que ele dê autorização para utilizá-la. Também não é permitido ao médico divulgar os preços de suas consultas ou dos procedimentos que realiza.

Ter conhecimento sobre o marketing médico nas redes sociais é necessário nos dias de hoje. Afinal, a internet é um dos meios mais utilizados pelas pessoas em seus momentos de lazer e para a comunicação, de modo geral. Mesmo que você tenha um profissional ou agência que cuide dessa parte, é relevante que o trabalho seja acompanhado e que sugestões sejam dadas com frequência.

Porém, como explicamos, alguns cuidados devem ser tomados. Saiba mais em nosso artigo que fala sobre os limites do marketing médico. Assim, você acertará na divulgação e conseguirá bons resultados para a clínica ou consultório.

Deixe seu comentário