fbpx
Financeiro

Entenda como a auditoria em saúde funciona e quando deve ser feita

Quem gerencia um hospital, clínica e consultório médico ou odontológico, entre outros estabelecimentos da área sabe da importância da auditoria em saúde. Esse trabalho tem a função de analisar toda a gestão e procedimentos realizados pela instituição, visando melhorias para pacientes e profissionais.

A auditoria em saúde é um trabalho estratégico e que pode trazer muitos benefícios para os estabelecimentos. Portanto, o processo não deve ser visto como algo burocrático e obrigatório, mas, sim, como uma importante função para a qualidade dos serviços.

Para que você possa compreender mais sobre a amplitude desse tema, desenvolvemos este post. Siga conosco e confira o que é a auditoria em saúde, quais são as suas principais funções, como o processo funciona e por que ele é importante. Acompanhe!

O que é a auditoria em saúde?

A auditoria em saúde é um processo no qual são analisados os procedimentos realizados em um estabelecimento de saúde, como clínicas e consultórios médicos ou odontológicos, hospitais etc.

O auditor deve levar em consideração se os trabalhos realizados seguem as normas regulatórias, a legislação vigente e os protocolos assistenciais que devem ser prestados aos pacientes.

Desse modo, a auditoria deve ser vista não como uma obrigação, mas, sim, como um processo que garante que todos os procedimentos realizados pelo estabelecimento têm qualidade. Além disso, também servirá para que a clínica possa rever questões que trazem pouca lucratividade.

Quem pode ser um auditor em saúde?

Para ser um auditor em saúde, o profissional deve ter formação na área, como médicos, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos, nutricionistas etc. Além disso, profissionais com outras formações mais voltadas para a área administrativa e legislativa, como administradores, contadores, assistentes sociais e advogados também podem ser auditores, se devidamente capacitados para atuar com saúde.

É necessário, no entanto, fazer um curso de pós-graduação para atuar como auditor de saúde em estabelecimentos médicos. Nesse curso, são aprendidos todos os conteúdos e procedimentos que são necessários fazer no decorrer de uma auditoria.

Quais são as funções da auditoria em saúde?

A auditoria em saúde tem três funções básicas a serem cumpridas. A seguir, explicaremos brevemente cada uma delas. Veja!

Função preventiva

As auditorias preventivas são feitas antes que os procedimentos, como cirurgias, sejam realizados.

Elas servem para verificar se o estabelecimento cumpre os requisitos necessários para que haja a liberação de guias do plano de saúde do paciente que se submeterá a um procedimento, por exemplo.

Função operacional

A auditoria operacional é realizada em dois momentos: antes e após a realização do procedimento. Nesse caso, o auditor acompanha os prontuários dos pacientes, auxiliando na liberação de medicamentos e outros materiais que sejam necessários para o processo que está sendo realizado.

Na função operacional, o auditor também é responsável pela apuração de todas as contas do procedimento. Em seguida, ele deve enviar os valores para a operadora do plano de saúde ou para o próprio paciente, no caso de procedimentos feitos de forma particular.

Função analítica

Por sua vez, a função analítica é aquela em que é realizado um trabalho comparativo entre as duas auditorias realizadas anteriormente. Ela é feita para fins organizacionais, para que a gestão do estabelecimento de saúde saiba se o que foi previsto na auditoria preventiva realmente se cumpriu na operacional.

A auditoria analítica exige do auditor conhecimentos sólidos sobre os indicadores administrativos, tabelas, contratos, entre outros itens. Somente assim é possível fazer um trabalho completo e que apresente um real cenário do que foi realizado.

Como a auditoria em saúde funciona?

São diversos os métodos que podem ser aplicados em uma auditoria de saúde. Cada estabelecimento ou cada auditor pode desenvolver métodos próprios, de acordo com os objetivos que deseja atingir. Porém, deve ser sempre seguido o que prevê a legislação em cada caso.

De maneira geral, a auditoria em saúde deve levar em consideração questões como:

  • verificar como é a rotina da equipe do estabelecimento, desde o atendimento inicial, até o término de um procedimento;
  • analisar como os protocolos e rotinas são cumpridos e executados;
  • e observar a eficiência de todos os setores do estabelecimento de saúde.

Por que a auditoria é importante para a área da saúde?

A auditoria em saúde traz diversos benefícios para as os estabelecimentos, o que justifica a sua importância. Entre as principais vantagens, destacam-se as listadas a seguir. Acompanhe!

Reduz custos

No decorrer da auditoria, o responsável por esse processo poderá identificar procedimentos que podem ser otimizados, gerando, assim, uma redução de custos para a clínica, consultório ou hospital.

Melhora a qualidade no atendimento

A auditoria também pode verificar os pontos fracos no atendimento ao paciente e analisar o que pode ser melhorado nesse sentido. Se for verificado que há dificuldades para agendar os atendimentos, por exemplo, podem ser sugeridas melhorias, como a adoção de um novo software de gestão.

Deixa a clínica mais competitiva no mercado

Também por meio da auditoria, a clínica pode se tornar mais competitiva no mercado. Isso se justifica porque muitos pontos que carecem de melhorias serão identificados. Ao investir nessas modificações, a clínica se destacará em relação às suas concorrentes.

Aumenta a segurança das relações

Os pacientes e as operadoras de planos de saúde têm mais confiança nos estabelecimentos que fazem a auditoria corretamente. Afinal, todos os trabalhos são verificados e a qualidade é garantida.

Possibilita o crescimento da clínica

Outro benefício proporcionado pela auditoria em saúde é o crescimento da clínica. Isso acontece porque o estabelecimento será mais bem-visto no mercado, terá um relacionamento de qualidade com as operadoras de planos de saúde e é bem provável que, com isso, ela conquiste novos pacientes.

Atender bem as pessoas é uma preocupação de todos os gestores de hospitais, clínicas e consultórios médicos. Por isso, fazer uma auditoria em saúde corretamente é algo que sempre deve ser levado em consideração.

Como você pode perceber, a auditoria em saúde é uma prática muito relevante. Além dela, existem outras que precisam ser colocadas em ação. Veja mais em nosso artigo “5 dicas práticas para fazer uma gestão eficiente do seu consultório”. Não deixe de conferir!

Deixe seu comentário