fbpx
Marketing

Marketing na saúde: quais mídias digitais minha clínica deve usar

O marketing possui diversos canais para ajudar na divulgação de um negócio. Quando levamos em conta todas as possibilidades das mídias digitais, existem mais vantagens ainda. Isso vale principalmente para o caso de clínicas médicas, que podem aproveitar os benefícios do marketing na saúde para se destacar, obter mais pacientes e fortalecer a marca.

No entanto, é necessário ter bastante cautela: não é qualquer tipo de conteúdo que emplaca nas mídias digitais. Além disso, é preciso considerar certas restrições referentes a publicações feitas por empresas do ramo da saúde. Com a estratégia adequada e os devidos cuidados, você pode dar início a uma campanha de muito sucesso para sua clínica nas mídias digitais. Vamos começar?

Publique conteúdo em um blog

Dentro da área médica, existem diversos assuntos com potencial para chamar a atenção do público e transmitir maior credibilidade para a sua clínica. Um canal que pode ser um grande aliado do marketing na saúde é o blog. Já pensou em criar um para o seu site? Nele, você pode publicar conteúdo relacionado à saúde, como dicas de prevenção de certas doenças, alertas sobre determinados hábitos nocivos, entre outros. Contando com posts assinados pelos profissionais, é possível projetar ainda mais autoridade.

Você costuma perceber um número alto de pacientes tendo confusão com certos temas médicos? Pois aí pode estar uma ótima possibilidade de pauta para fazer marketing na saúde. Crie publicações voltadas para explicar aqueles assuntos que costumam gerar mais dúvidas, mas tome cuidado para não simplificar demais e acabar distorcendo a realidade. Posts de fácil compreensão contam com maior potencial de engajamento do público.

Não se esqueça das redes sociais

Muito populares entre empresas de vários segmentos, as redes sociais também podem oferecer diversos benefícios à sua clínica. Mantenha uma página no Facebook com todas suas informações de contato e atendimento e avalie a possibilidade de atuar em outras plataformas, como o Twitter e o LinkedIn, por exemplo. Essa escolha vai depender bastante do perfil do seu público-alvo. Sendo assim, considere os hábitos dessas pessoas antes de tomar uma decisão.

A publicação de conteúdo nas redes sociais da sua clínica deve ser diferente do blog, mais fundamentada em imagens com informações curtas e rápidas. Você também pode usar a página no Facebook e os demais perfis para replicar links para o seu blog, aumentando bastante o seu potencial de audiência.

Evite determinados termos

Profissionais da área de saúde precisam tomar certos cuidados com a redação nas mídias digitais, já que estão sob a regulação de uma série de diretrizes do CFM (Conselho Federal de Medicina). Um exemplo refere-se ao uso de palavras como “o melhor”, relacionadas a este ou àquele serviço ou produto da clínica. Além disso, é vetada a possibilidade de se garantir a cura de alguma doença. Dessa forma, escolha bem a linguagem para não ter problemas.

Outra restrição imposta a profissionais médicos nas mídias digitais zela pela proteção à identidade dos pacientes. Não publique posts referentes a diagnósticos realizados, mesmo que você possua autorização. Isso seria uma violação do o artigo 75 do Código de Ética Médica, então certifique-se de evitar ser tão específico ao publicar conteúdos nas mídias digitais da sua clínica. Em vez de tratar do assunto de forma tão específica, aborde o caso de modo genérico, que não permita a identificação do paciente.

Este post te ajudou a escolher quais mídias digitais sua clínica deve usar? Então compartilhe-o nas suas redes sociais para que seus amigos também saibam mais sobre o assunto!

Deixe seu comentário